Pelo FIM da Cultura do Estupro

Para os amigos e amigas portugueses que acham que cultura do estupro e uma barbárie como a que aconteceu aqui no Rio esta semana é coisa de Brasil e América Latina, é bom saberem que se trata de uma doença universal da qual também padece a sociedade portuguesa, em silêncio, sem as mesmas vozes feministas que se levantam aqui. É bom que saibam que cada vez que lamentam uma lei como a que criminaliza o piropo estão a contribuir para essa cultura. É bom que saibam que também contribuem quando acham que uma miúda que usa decote e saia curta está a pedir para ser abusada, seja no concreto, seja no simbólico. É bom que saibam que nesse silêncio ensurdecedor em que vocês se riem de um humorista como o Rui Unas (e tantos outros) e das piadas misóginas que sufocam tentativas de liberdade das mulheres, cada uma de nós tem medo de andar sozinha na rua. Enquanto acharem o máximo que um homem seja mulherengo e que uma mulher com comportamento semelhante seja uma puta, estão a alimentar a cultura do estupro. Enquanto acharem que Feminismo é uma doutrina a temer e não entenderem a necessidade real da sua militância, estarão à contribuir para a CULTURA DO ESTUPRO. Enquanto acharem normal tudo isto, não é só no Brasil que uma menina de 16 anos é dopada e violada por 33 homens. É no vosso bairro, na vossa vida, nas festinhas cool que frequentam no Lux, nas praxes académicas, nas escolas… que cada uma de nós corre o mesmo risco.

***Maria Inês Carreira, jornalista e cantora popular portuguesa, radicada no Rio de Janeiro. Inês fez intercâmbio no IACS.

Anúncios

Um comentário sobre “Pelo FIM da Cultura do Estupro

  1. Pingback: Poderia ser qualquer uma. E daí? | Afasta de mim este Cale-se

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s