Dom Paulo Evaristo: o sacerdote dos oprimidos

Se existem sacerdotes na Igreja católica no Brasil que merecem o tratamento suntuoso de “Dom”, certamente Paulo Evaristo está entre eles. Catarinense de Forquilhinha, este franciscano de 95 anos ordenou-se padre em 1939, aos 18 anos. Estudou na Sorbonne, onde se graduou em Filosofia, e trabalhou como jornalista. Fez trabalho pastoral na periferia de Petrópolis…